Briquetes de Biomassa e Carvão

Conheça o briquete, uma alternativa viável e renovável aos combustíveis tradicionais para uso em fornalhas, caldeiras, fornos, churrasqueiras, ...

https://youtu.be/ O briquete é um biocombustível sólido, oriundo de um processo de fabricação, feitos a partir da compactação de resíduos ligno-celulósicos, sob pressão e temperatura elevadas.

Para satisfazer as condições de fabricação do briquete, o resíduo precisa estar de acordo com percentual de umidade aceitável, e tamanho das partículas (granulometria).

“A briquetagem é uma forma bastante eficiente para concentrar a energia disponível da biomassa”.

Na fabricação de briquete, as matérias-primas utilizadas podem ser: serragem, maravalha, casca de arroz, palha de milho, sabugo, bagaço de cana-de-açúcar, casca de algodão, casca de café, feno de braquiaria entre outros.

O diâmetro do briquete para queima em caldeiras, fornos e lareiras é de 70 mm a 100 mm e com comprimento de 250 mm a 400 mm.

1 tonelada de briquete corresponde a 6 m³ de lenha com umidade entre 35 a 45%. Embora variáveis, os briquetes feitos no Brasil tem uma densidade aparente de 1,0 t/m3 a 1,5 t/m3, um Poder Calorífico Superior de 4000 kcal/kg a 4800 kcal/kg, uma umidade entre 6 a 10%, densidade a granel de 600 kg/m3 a 900kg/m3, teores de voláteis de 81%, cinzas de 1,2% e carbono fixo de 18,8%.

No Brasil, a serragem tem uma densidade a granel entre 140 kg/m3 a 400 kg/m3, umidade de 15% a 55% base úmida e cores que variam do amarelo claro originária do Pinus sp seco até o marrom escuro da massaranduba úmida.


A resposta é simples.

Para tornar a estocagem e transporte de produtos mais efetiva e econômica.

Se o uso de briquetes puder substituir os combustíveis fósseis nós poderemos também ver grandes vantagens ambientais.

Briquetes de Biomassa e Carvão Briquetes de Biomassa e Carvão

Briquete Composto

São briquetes produzidos a partir de mais de um tipo de resíduo. O seu processo de produção é o mesmo dos briquetes simples, exceto pela inclusão da fase de mistura das matérias-primas.

Esta semelhança permite equiparar os seus custos de produção. Com a produção de briquetes compostos obtém-se médias ponderadas de suas propriedades e composições, o que permite um maior controle da qualidade dos briquetes e um direcionamento de suas características de acordo com seu uso final, com a máxima redução na introdução de substâncias adicionais.

Produzindo briquetes compostos evita-se também a dependência de um único tipo de matériaprima. Nos períodos de escassez dos resíduos de maior poder calorífico, tem-se a opção de substituílos por outros resíduos em maior quantidade, mantendo a eficiência energética dos briquetes.

Briquetes de Biomassa e Carvão

Dicas de utilização dos briquetes

A forma de partida (ignição) pode ser a mesma utilizada pelo sistema a lenha. Toda Caldeira/fornalha que queima lenha, pode queimar BV - Briquete Vegetal.

Não é necessário equipamentos especiais, somente verificar o espaçamento entre grelhas.

Melhor Forma de utilização do BV - Briquete Vegetal

Utilização em Aplicação Dosagem Outras informações de uso
Caldeiras em Geral Somente Briquete Vegetal Quantidade Necessária Alimentar de forma mais continua possível.
Caldeiras em Geral Briquete com Cavaco ou lenha comercial Porcentagem desejada de cada Produto Alimentar a caldeira com lenha ou cavaco e sob os mesmos adicionar o Briquete de forma bem distribuida.
Fornos / fornalhas e semelhantes Briquete Vegetal Quantidade Necessária Alimentar com quantidades menores e mais frequentes.
Obs: Neste tipo de combustão, atentar para uma maior necessidade de oxigênio nas grelhas.
Fornos de Pizzarias Briquete Vegetal Quantidade Necessária Iniciar o fogo normalmente conforme métodos e costumes.
Obs: Obtém-se maior rendimento se for feito fogo sob uma grelha de 6 a 10 cm de altura.
Lareiras Briquete Vegetal Quantidade Necessária Iniciar o fogo normalmente conforme métodos e costumes, realimentar o fogo a cada 50 minutos.
Obs: Obtém-se maior rendimento se for feito o fogo sob uma grelha.
Churrasqueiras Briquete Vegetal Quantidade Necessária Para usar o Briquete em churrasqueiras, o usuário precisa permitir a entrada de bastante oxigênio e iniciar o fogo com gravetos (ou qualquer outra forma de iniciar um fogo), depois disso, o fogo pega fácil e a eficiência é maior do que a do carvão. Deve-se manter o churrasco a uma distância razoável, pois o processo de assar ocorre enquanto o Briquete estará queimandoom chamas limpas.


Utilização das fontes de biomassa

Aquecedores

Secadores

Caldeiras

Fornalhas


Segmentos da utilização de briquetes:

  • Cervejarias
  • Pizzarias
  • Hospitais
  • Tinturarias
  • Cerâmicas
  • Laticínios
  • Residências
  • Destilarias
  • Abatedouros
  • Hotéis/Motéis
  • Cerealistas
  • Panificadoras
  • Indústria de Papel
  • Indústria Refrigerante
  • Lavanderias
  • Recauchutadoras
  • Distribuidor de Briquetes
  • Metalúrgicas
  • Indústrias de Balas
  • Fecularias
  • Indústrias óleo de soja


O briquete é um ótimo negócio, e a Lippel fornece todos os equipamentos que você precisa para fabricar briquetes!

A Lippel dispõe de diversos tipos de equipamentos para todas as fases do fabricação de briquetes. Em nosso site você encontrará informações detalhadas sobre estes processos e as máquinas e equipamentos que precisará para montar a sua fábrica de briquetes.