Itaipu adquire um triturador Lippel

A divisão de Áreas Protegidas (MARP.CD) no último dia 24 recebeu e testou um triturador de galhos Lippel modelo PTU 300, para substituir o anterior que possuía manejo manual.

Ele será usado nas vilas A e C da Itaipu. Utilizar este triturador, acaba por reduzir o volume dos resíduos, diminuindo assim o número de viagens necessárias para transportar o material, além de reduzir o tempo de operação.

Usar este triturador tem por benefício também a melhoria de solos degradados, a diferença é notável entre usar a matéria crua, e uma biomassa de qualidade para adubar o solo.

Segundo o gerente da MARP.CD, Edson Zanlorensi, “triturando o material lenhoso, se reduz o volume de descarte no bota fora da Itaipu e, ao mesmo tempo, o processo de decomposição e reincorporação dos nutrientes na natureza é muito mais rápido com o material triturado.”

Utilizar este triturador vai trazer um grande custo/benefício para a Itaipu, e acaba que o valor do maquinário, se torna como que nulo devido a economia de tempo empregado, aos benefícios ao meio ambiente, reduzindo os custos de manutenção, e também na economia de manutenção e combustível dos caminhões, já que estes serão menos utilizados a partir de agora.

Matéria da Itaipu: https://goo.gl/JGGoww


Compartilhar