Fábrica de briquetes do Projeto Caatinga Viva está instalada

Lippel termina a instalação do maquinário da fábrica de briquetes que pode ajudar na preservação da caatinga.

A instalação do maquinário foi concluída dia 18/12/2012 e a previsão é de que até meados de abril do próximo ano a fábrica comece a funcionar, com a meta de produzir 400 toneladas por mês de lenha ecológica, segundo Marlon Dantas, que é coordenador do Projeto Caatinga Viva no âmbito do IFRN e engenheiro do Câmpus Ipanguaçu, onde a fábrica está sendo construída.

As próximas etapas são a cobertura das máquinas e acessórios com uma pintura especial, para proteção contra a corrosão e as altas temperaturas inerentes ao processo de produção dos briquetes, a instalação elétrica industrial, alguns acabamentos e o treinamento aos integrantes da empresa participante do programa de incubação do Campus Ipanguaçu que irá gerir a usina, além de servidores do próprio IFRN ligados ao projeto.

O objetivo da fábrica é oferecer um combustível alternativo para as empresas da região do Baixo-Açu que utilizam lenha retirada da caatinga para alimentar seus fornos. A lenha ecológica será obtida através da compactação e adensamento ligno-celulósico dos resíduos da produção de cera de carnaúba, de podas urbanas e de matéria-prima plantada exclusivamente para fins energéticos, como o capim-elefante.

A Lippel fabrica máquinas para o processamento e transformação de biomassa das mais variadas fontes - madeira de reflorestamento ou de reciclagem, bagaço de cana e casca de arroz, entre outros - em energia na forma de calor. Nossas máquinas são usadas para picar, triturar, peneirar e separar, movimentar, secar e armazenar a biomassa, fabricar briquetes ou pellets para potencializar ainda mais o seu poder calorífico e posteriormente obter energia e calor através da queima automatizada da biomassa.

O Projeto Caatinga Viva é patrocinado pelo Programa Petrobras Ambiental.

Veja nos vídeos abaixo alguns exemplos de fábricas de briquetes Lippel, com diferentes tipos de matéria-prima.

veja na íntegra a notícia mostrada acima, no portal do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte.

Nesse link está a matéria no site da Embrapa falando sobre o assunto.

 

Links do Projeto Caatinga Viva:

Site do projeto

A caatinga

Produção de briquetes

 

"Fontes de energia renováveis e limpas: nossa inspiração"

 

Para saber mais sobre as fábricas de briquetes clique nas imagens abaixo:


Compartilhar