Cigarros apreendidos viram briquetes

  Os cigarros são triturados e briquetados e desta forma podem ser usados como combustíveis nas caldeiras dando uma destinação mais sustentável ao material. 

  Boa parte desse contrabando chega ao Brasil pela longa faixa de fronteira com o Paraguai. Toda apreensão é levada para a Receita Federal, que é responsável pela destruição dos produtos. O montante destruído este ano, em todo o país, soma quase R$ 300 milhões. Apenas na região de fronteira de Foz do Iguaçu, são estimados uma apreensão de 500 Kg por hora de cigarros contrabandeados.


Compartilhar