Biomassa emite menos CO² que os combustíveis fósseis

Estudo mostra que energia dessa fonte diminui as emissões e, conseqüentemente, as mudanças climáticas 

Um novo estudo de cientistas do Instituto para Pesquisa sobre o Impacto Climático de Potsdam (PIK), publicado no periódico Environmental Research Letters, apontou que a energia de biomassa é fundamental para a diminuição das emissões de dióxido de carbono e, conseqüentemente, a mitigação das mudanças climáticas. Além disso, a bioenergia obtida com a queima da biomassa é rentável, se comparada com outras formas de energia.

A Lippel fabrica máquinas para o processamento e transformação de biomassa das mais variadas fontes - madeira de reflorestamento ou de reciclagem, bagaço de cana e casca de arroz, entre outros - em energia na forma de calor. Nossas máquinas são usadas para picar, triturar, peneirar e separar, movimentar, secar e armazenar a biomassa, fabricar briquetes ou pellets para potencializar ainda mais o seu poder calorífico e posteriormente obter energia e calor através da queima automatizada da biomassa.

Clique aqui e conheça mais sobre a biomassa e como ela pode fazer parte do seu dia-a-dia.

Ou veja na íntegra a notícia mostrada acima, no canal Terra da Gente.

"Fontes de energia renováveis e limpas: nossa inspiração"


Compartilhar